sábado

Experiência Erasmus +


A minha experiência Erasmus + começou no dia 17 de junho e terminou a 5 de agosto de 2017, e realizou-se na maravilhosa ilha de Syros, na Grécia.
    Sinto que toda esta experiência foi uma aprendizagem, tanto a nível profissional como pessoal, hoje sou mais independente, autónoma e responsável.
    Nesta “aventura” pude viajar, conhecer uma nova cultura, gastronomia, novas pessoas e, acima de tudo, consegui divertir-me. Recomendo a qualquer pessoa que tenha a oportunidade de participar num projeto Erasmus + que não a desperdice.

    Ana Carneiro (TC1518)

A minha experiência Erasmus+ em Bilbau


De outubro a dezembro, tive a excelente oportunidade de realizar um estágio pós-formação em Bilbau, Espanha, devido ao projeto Erasmus+, juntamente com os meus colegas Ana Brandão e Miguel Silva.
                 Passamos lá 75 dias, que não poderiam ter sido mais únicos, cada um deles. Juntos visitamos sítios incríveis, divertimo-nos imenso, e aproveitamos cada momento ao máximo, sempre lidando bem com os problemas que apareciam, pois a felicidade por estarmos lá ajudava a superar todos os pequenos imprevistos!
                 Tive também a oportunidade de realizar o estágio na administração de um lar de idosos, Naguspea, onde aprendi muito, a nível profissional e pessoal, onde conheci pessoas maravilhosas, e onde fiz muitos amigos que levarei para toda a vida!
                 Posso então dizer que tudo o que lá passei me ajudou a crescer e a ser uma melhor pessoa, e que tudo foram momentos bons que já deixam imensas saudades. E tenho a agradecer à Escola Profissional de Serviços de Cidenai, e ao Programa Erasmus+, por me ter proporcionado aquela que foi a melhor experiencia que vivi até hoje!

Ana Rita Ribeiro Pacheco (TC1417)

quinta-feira

RONDAS – SÁBIOS SÍTIOS – ESCOLA PROFISSIONAL DE SERVIÇOS DE CIDENAI – 25.11.2017

O Programa Rondas da Câmara Municipal de Santo Tirso fez, no último sábado, uma visita à Escola Profissional Cidenai. Sob o mote “Sábios Sítios”, um grupo de visitantes deslocou-se a este estabelecimento de ensino, situado no coração de Santo Tirso, para aí ficar a conhecer melhor a sua história, oferta formativa e atividades.
Ao longo da manhã amena de 25 de novembro, foram muitos os que tiveram a oportunidade de conhecer as instalações e características da escola e participar em vários workshops, palestras e até num mercado solidário: o dia começou a história da Escola, pela voz do Diretor Pedagógico, Ricardo Sampaio, anfitrião do evento, onde também foram lugar de destaque os cursos ministrados e os projetos europeus em que a comunidade escolar tem a oportunidade de participar.
Foi então a vez de um Workshop promovido pelo Clube de Poesia, no qual, após a declamação de poesia por parte dos visitantes F. Proença e Arnaldo Santos, conhecidos poetas tirsenses, o grupo criou um poema em conjunto e foi presenteado com a declamação do poema “Pelo sonho é que vamos”, da autoria de Sebastião da Gama, por parte de um aluno.
Seguiu-se uma palestra sobre Gestão de Resíduos, dinamizada pelo Clube Eco-Escolas, onde os participantes reforçaram as ideias de boas práticas ambientais e participaram num jogo sobre reciclagem de resíduos domésticos.
Seguiu-se uma sessão de esclarecimento sobre bons Hábitos Alimentares, promovido pelo Núcleo da Promoção da Saúde, e o coffee-break, com catering a serviço dos vários alunos da Cidenai que estiveram presentes durante a manhã e foram fundamentais na organização do espaço e do evento. Durante este tempo livre, foram vários os que aproveitaram para se abastecer de produtos naturais e saudáveis no nosso Mercado Solidário, promovido pelo Clube do Voluntariado.
Foi então a vez do Clube da Proteção Civil sensibilizar os presentes para os riscos associados aos sismos e de terminar a manhã com um teste aos conhecimentos sobre a União Europeia, num momento promovido pelo Clube Europeu.

Foi uma manhã de partilha e troca de conhecimentos, da qual todos saíram mais ricos. Obrigada e Voltem Sempre!
EPSC

quarta-feira

DIA MUNDIAL DO VOLUNTARIADO

O Dia o Voluntariado mais uma vez foi celebrado na Escola Profissional Cidenai pelo seu Grupo de Voluntariado.
    Assim, aproveitando esta data comemorativa, 5 de dezembro, para dar formação aos seus voluntários, convidou para estar presente na escola elementos dos Bombeiros Voluntários Tirsenses(Amarelos).
    No ano em que muito se falou dos bombeiros, pelos seus feitos no interior do país, que largaram tudo para salvar os outros, pondo em risco a sua própria vida; o Grupo de Voluntariado tinha mesmo que trazer à escola Voluntários que são Bombeiros!
    Esta formação sobre o que é ser Voluntário, começou com o recitar de um poema por um formando sobre o que é ser Voluntário, onde ouvimos que “…ser voluntário é dar de nós bons exemplos e boa vontade…e repartir felicidade”.
   Seguindo-se, o testemunho da vida de Bombeiro, por quem é bombeiro há cerca de 10 anos, por uma jovem cadete bombeira e por outra que está na escola de bombeiros e está a estagiar nos bombeiros amarelos. Estes voluntários explicaram, cada um deles, a razão que os levaram a dedicar-se a esta missão, o sentirem a importância que a corporação tem nas suas vidas, quando são chamados a salvar pessoas e bens. O conforto que sentem quando olham para pessoas que salvaram num acidente de viação (como foi descrito por um deles). Referiram que, a partir do momento em que se tornam bombeiros, são voluntários sempre, quer estejam com a farda, no quartel, quer quando estão com a família ou em férias, que muitas vezes, como este verão, não existem.
    Foi com muito interesse e com muitas questões, que os elementos do Grupo de Voluntariado da Escola Cidenai, durante uma hora, participou e esteve atento aos três bombeiros voluntários.

    No final a Escola Profissional Cidenai agraciou os Bombeiros Amarelos com um diploma de reconhecimento por tudo quanto esta corporação tem feito em formações na escola, pela população tirsense e por todos aqueles que no país inteiro precisaram deles.


A.F.

terça-feira

DIA MUNDIAL DA PROGRAMAÇÃO ROBÓTICA

No âmbito do Módulo 2 da minha Prova de Aptidão Profissional, subordinado ao tema Assessoria ao Departamento de Informática, irei trabalhar diversas temáticas. Comecei pelo Dia da Programação Robótica (18/10), cujo objetivo era um competição individual entre turmas para a elaboração de um jogo. Para tal, foi escolhido o Scratch. Com todas as turmas a participar, os formandos deveriam competir entre si, e com o auxilio do formador acompanhante de cada turma, chegar aos dois melhores jogos, sabendo que haveria uma explicação e ajuda caso fosse necessário.Para esta competição, a criatividade era o foco. O jogo consistia em criar um caminho para o personagem percorrer seguindo os comandos ensinados, mas cada formando iria por conta própria fazer seu design, e com os comandos básicos, explorar e criar mais, para que o jogo fosse interessante e criativo.
O dia foi bastante positivo, todas as turmas colaboraram na competição, mostrando interesse, ideias brilhantes para os jogos e sempre respeitando todos os intervenientes. Tudo correu bem, e todos conseguiram fazer um jogo e aprender sobre o Scratch.

Vera Peres
TGSPI1518

domingo

FORMAÇÃO FINANCEIRA E DIA MUNDIAL DA POUPANÇA

Nos dias 30 e 31 de Outubro a Escola Profissional Cidenai, aproveitando o Dia Mundial da Poupança e, como já vem sendo habitual, vai dedicar estes dias à formação Financeira .
Com o tema “Na formação financeira Todos Contam” vai dedicar estes dias a atividades direcionadas à educação para a poupança. Assim, desde uma lição aos jovens dada pelos utentes de um Lar da terceira idade, até a inquéritos na cidade sobre os jovens e a poupança, passando por nas aulas a matéria ser direcionada para o tema em causa; culminando com um porquinho mealheiro feito pelo grupo de voluntariado onde os formandos  poderão introduzir “moedas” com ideias de poupança.

Serão dois dias de sensibilização aos jovens formandos para a importância que a poupança tem nas suas vidas. 

A.F.

terça-feira

“A TERRA TREME” NA CIDENAI

No passado dia 13 de outubro (Dia Internacional para a redução de Catástrofes) a Cidenai associou-se à iniciativa da Autoridade Nacional de Proteção Civil  de modo sensibilizar a comunidade escolar para o risco sísmico e para a importância de comportamentos simples que os cidadãos devem adotar em caso de sismo, mas que podem salvar vidas. Em sala de aula, formadores e formandos cumpriram os três passos essenciais: BAIXAR, PROTEGER, AGUARDAR.

NA - Clube de Proteção Civil

SEMANA EUROPEIA DO DESPORTO

No âmbito da semana europeia do desporto, a nossa escola participou, na tarde do dia 27 de Setembro, no "dia da Educação Física".
Participaram nesta atividade as turmas de Técnico de Comercio (12º ano), CEF Assistente administrativo e CEF Operador de logística.
Foram realizados torneios de futebol e basquetebol, tendo os alunos participantes demonstrado interesse e boa atitude contribuindo assim para o sucesso da atividade.



C.C.

quinta-feira

CERIMÓNIA DE ENTREGA DE CERTIFICADOS E DIPLOMAS 2017

No passado dia 29 de setembro, a Escola Profissional de Serviços de Cidenai realizou a cerimónia de entrega de Certificados e Diplomas aos formandos finalistas dos cursos Técnico de Comércio e Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, do ciclo de formação 2014/2017, assinalando também o início de um novo ano letivo.
         A cerimónia iniciou-se com a declamação de um poema de Miguel Torga, “Sísifo”, pelo formando Domingos Ferreira, da turma TSECOM1619. De seguida, o Diretor Pedagógico, Dr. Ricardo Sampaio, deu as boas vindas a todos os presentes. Posteriormente, a responsável pelo Clube de Voluntariado, Assunção Festa, entregou um certificado de bom desempenho no Clube a todos os finalistas que durante estes 3 anos de formação participaram ativamente nas atividades do mesmo. Após este momento, os formandos Ana Rita Pacheco, da turma TC1417, e Rodrigo Coelho, da turma TGPSI1417, falaram aos presentes da sua experiência na escola ao longo destes 3 anos de formação e também agradeceram a ajuda e amizade de toda a equipa de trabalho da Cidenai.
Seguiram-se os Orientadores Educativos das turmas finalistas, Ana Rita Guimarães e Paulo Sousa, que entregaram aos finalistas presentes o tão ansiado diploma de conclusão de curso.
Antes do vídeo criado para os finalistas reviverem os melhores momentos passados na Escola, a representante da Direção Geral, Dr.ª Celina Silva, parabenizou os presentes e desejou bom trabalho a todos os que estão a iniciar a sua jornada na Cidenai.
De seguida, citamos os textos dos finalistas acima referidos.
“ Bem, não poderei falar demasiado, por isso será relativamente curto aquilo que vos tenho a dizer. Foram três anos aqui passados. Três anos de bom ambiente, ainda que por vezes fosse perturbado, ainda que temporariamente, como tudo o que é natural, entre alunos, professores e funcionários. Ambiente este que só é conseguido através de um equilíbrio de ideias, de cooperação e de uma certa dose de bom senso, por vezes em falta. Houve alguns confrontos e conflitos, sim, mas todos eles foram superados, e após todas essas adversidades, toda a turma melhorou a nível pessoal e a nível escolar (pelo menos eu quero acreditar que sim). Quero com isto agradecer aos meus professores e também aos meus colegas e amigos de turma. Aos professores pela paciência com que lidaram connosco, com o esforço que tiveram de fazer para acordar todos os dias de manhã cedo e pensar “Credo, vou ter de levar com os de TGPSI…”, e sobretudo aos nossos diretores de turma ao longo do curso, o professor Paulo no primeiro ano e a professora Rita nos restantes dois. Ambos foram incansáveis na ajuda que nos deram, a “safarem” alguns dos membros da turma, e creio que falo em nome da turma quando vos digo “Obrigado”. Mas claro, o “obrigado” é válido para todos os professores que estiveram connosco, que nos ensinaram e que nos ajudaram a crescer como pessoas. E obrigado, agora em nome pessoal a toda a turma, por serem como são, por animarem sempre o dia e fazerem sempre a festa. Por estarem sempre na brincadeira, mas também num clima de respeito, ainda que por vezes seja uma linha bem ténue… Portanto, o que vos tenho a dizer a todos é simplesmente um “obrigado”. “
            Rodrigo Coelho – TGPSI1417

 “Faz este mês exatamente 3 anos que entrei nesta escola e posso dizer que não foram fáceis, mas acabaram por ser os melhores da minha vida e sem dúvida passaram a correr.
Lembro-me do primeiro dia de aulas e o quanto era assustador estar numa turma e numa escola onde só conhecia 3 pessoas, mas mal sabia eu que com o tempo iria fazer novos amigos e conhecer pessoas tão incríveis, que sempre terão um lugar especial no meu coração e que com certeza levarei para a vida!
Nesta escola fui tão feliz e passei momentos tão únicos e incríveis, que me fizeram rir, outros chorar, mas se não chorasse um bocadinho não era eu. Fui muitas vezes chamada à atenção por estar na conversa ou estar a dormir. Lembro-me do quanto ficava nervosa em todas as apresentações de Português, do trabalho que deu a PAP, mas no final valeu a pena. De todas as vezes em que os professores perdiam um bocadinho a paciência, e com razão, e de muitos testes em que esquecíamos os problemas e fazíamos de tudo para nos ajudarmos uns aos outros. Já sinto falta de tudo isso e posso dizer que todos esses momentos me fizeram uma pessoa melhor, me fizeram aprender e crescer muito e mudaram a minha maneira de ver as coisas e de viver a minha vida.
E tudo isto foi graças a esta escola e a todas as pessoas que nela conheci, por isso tenho muito a agradecer a todos os funcionários, em especial à D. Celina, por todos os sermões que nos dava, mas que no fundo eram para o nosso bem, a todos os meus colegas, pois cada um teve um papel importante nesta etapa, e a todos os professores, que com muita paciência sempre fizeram de tudo para nos ajudar e para nos preparar para o futuro, em especial à professora Rita e à professora Alexandra por terem sido nossas diretoras de turma no 1º ano, mesmo que tenha sido por pouquinho tempo, e principalmente ao professor Paulo, por ter sido o melhor diretor de turma que poderíamos pedir, por sempre fazer tudo o que podia por nós, por nos tornar melhores pessoas e acima de tudo por ter sido um amigo!
Nunca vou esquecer esta escola e não se vão ver livres de mim tão cedo, porque sempre que possa vou estar aqui a chatear toda a gente e a saber como andam as coisas!
Mais uma vez obrigada por tudo!”


Ana Rita Pacheco- TC1417
        Escola Profissional de Serviços de Cidenai




ENTREGA DA BANDEIRA VERDE - MAFRA

No passado dia 27 de setembro, o Clube Eco-Escolas da Cidenai deslocou-se a Mafra para receber a sua 9ª Bandeira Verde, símbolo máximo da excelência no trabalho em prol do ambiente.
Em Mafra, os ecos estudantes da Cidenai visitaram uma Eco Mostra onde viram diferentes bancas como objetos ou utensílios feitos com materiais reciclados, passaram por diferentes atividades tais como Escalada e passeios a cavalo.

Um dia diferente que culminou com o tão ansiado prémio.


A.G.




SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 2017

No passado dia 22 de setembro comemorou-se, em Santo Tirso, a Semana Europeia da Mobilidade, este ano dedicada ao tema “A Partilhar Chegamos Mais Longe”, e, como sempre, a Cidenai esteve lá. Ao longo da manhã, foram várias as atividades nas quais os formandos de TSECGPSI e CEF OpLog puderam participar, incluindo corridas de kart e passeios de toupeira. Aqui ficam algumas imagens do dia.


A.G.

sexta-feira

A MINHA EXPERIÊNCIA ERASMUS+


Estava no terceiro ano do Curso de Técnico de Comércio na Escola Profissional de Serviços de Cidenai quando houve a oportunidade de seis alunos da escola que frequentassem o último ano do curso poderem concorrer para fazerem a sua Formação em Contexto de Trabalho em Itália, especificamente na cidade de Rovigo, da província de Veneto.
                Acabei por ganhar coragem em me inscrever, principalmente por se realizar em Itália, país que sempre me fascinou e, felizmente, acabei por ser uma das escolhidas entre os seis.
                No dia dezassete de maio, partimos, lembro-me de estar muito nervosa, nunca tinha andado de avião e ainda por cima sempre tive um certo medo e além disso preparava-me psicologicamente para deixar Portugal, mesmo que só por sete semanas. A viagem acabou por ser tranquila e depois de chegarmos a Rovigo conhecemos o alojamento e assim começou a minha experiência. Na primeira semana conhecemos a cidade, tivemos aulas com a professora Antonietta e nessa mesma semana conheci o local onde realizei o meu terceiro e último estágio, “I Sapori Dell´Orto”, um supermercado no qual fui muito bem recebida tanto pelo dono do estabelecimento, Senhor Marco, pela colaboradora, a Senhora Uriana, como também pelos clientes do supermercado. E, como é óbvio, não me posso de esquecer da filha do Senhor Marco que por vezes ia para o supermercado, e da universitária Maria Teresa que às vezes ia ganhar um dinheiro extra.
                Ao longo dos quarenta e nove dias visitamos algumas cidades, Veneza, Verona, Roma, Pádua, Ferrara, Bolonha. A primeira cidade que visitamos foi a histórica cidade de Veneza conhecida pelas suas gondolas, pela Praça de São Marcos, a Basílica, entre outros monumentos.
                Verona foi sem dúvida a cidade que mais me supreendeu, conhecida pela sua inspiração para a obra “Romeu e Julieta” do inglês William Shakespeare. Eu, sinceramente, fiquei encantada desde o centro da cidade até à famosa Casa da Julieta, onde, mal entramos, encontramos paredes cheias de declarações de namorados ou simples corações. Mais à frente tem a prestigiada estátua da Julieta, que tem a estranha tradição de se passar a mão no seio direito da estátua para se encontrar o amor verdadeiro.
                Visitamos Roma, e como pertence à província de Lácio, tivemos que apanhar dois comboios e fazer uma longa viagem que acabou por valer a pena. Como sabíamos que teríamos que andar sempre a pé e só com a ajuda do GPS, levamos o percurso predefenido e assim pudemos visitar o Coliseu de Roma, a Fontana de Trevi, o Vaticano onde acabei por comprar a recordação para a minha avó.
                Para concluir, tenho a dizer que esta experiência me enriqueceu tanto a nivel pessoal em termos de independência, enriquecimento cultural, crescimento e também a nível profissional. Com isto, penso que sempre que surgir uma oportunidade como o Erasmus + se deve aproveitar.
                                                  
Tânia Flor (TC1417)

A MINHA EXPERIÊNCIA ERASMUS+


A minha experiência foi muito boa, tive o privilégio de trabalhar num sítio completamente diferente do que estava a habituado. Também foi bom poder estar em contacto com uma cultura diferente e, por último, poder ter ido visitar sítios com grande história, como Roma, Veneza, e muitos mais.

Simão Coroa (TGPSI1417)

domingo

A MINHA EXPERIÊNCIA ERASMUS+

Foi em 2015 que a palavra Erasmus surgiu na minha vida. Claro que já tinha ouvido falar sobre isso, porém, vagamente, e nunca tinha pensado em realizar uma experiência como esta, por isso vou dizer-vos como tudo aconteceu.
Em 2016, decidi candidatar-me para realizar o meu estágio com o Projeto, e para minha surpresa fui escolhido para fazê-lo numa ilha grega. Dá para imaginar? Viajar para tão longe, durante 50 dias? Eu sei, é muito bom.
Quando chegou o dia de embarcar, estava super nervoso, mas, ao mesmo tempo, ansioso, porque, por um lado, é difícil deixarmos a nossa família para trás, deixarmos o local onde nos sentimos bem e seguros, mas, por outro, é brutal conhecermos outra cultura e podermos ficar lá quase 2 meses a ganhar experiência, conhecimento e responsabilidades.
O meu primeiro contacto com a ilha foi muito positivo. Ao desembarcar, fui recebido por um senhor grego, chamado Leonardos, e pelo seu filho Stefanos, com outro estudante português. Com o passar do tempo fomos conhecendo a ilha, e rapidamente me apaixonei por ela, por ser uma ilha cheia de alegria, pela sua hospitalidade, pelas suas magníficas praias e pelo seu maravilhoso clima.
O meu primeiro dia de estágio estava a chegar e eu estava ansioso por mostrar o talento português, e por poder pôr em prática os conhecimentos que tinha retido das aulas. Comecei o meu estágio numa loja, denominada Nikolouzos, e rapidamente me habituei ao ambiente. Conheci pessoas fantásticas, nomeadamente o meu tutor Menious Mavris, que, para além de me ajudar durante o estágio, também me ajudou a conhecer a ilha, e sugeriu-me diversos locais para visitar.
Durante os fins de semana, com o grupo, organizávamos saídas, ou íamos à praia, ou íamos visitar outras partes da ilha, ou jogávamos bowling, ou íamos para um bar ou discoteca.
            Na minha opinião, o Programa Erasmus+ dá-nos uma oportunidade única que deve ser aproveitada ao máximo. E esta minha experiência foi muito enriquecedora, tanto a nível pessoal como profissional, superando todas as minhas expectativas. Foram 50 dias que irei guardar na memória.


Simão Correia (TGPSI1518)

terça-feira

ERASMUS+ - A CIDENAI EM SYROS

No âmbito do Programa Erasmus+, financiado pela União Europeia, a Escola Profissional Cidenai proporcionou a seis alunos, dos cursos de Comércio e Informática, do 11º ano, a possibilidade de realizarem um estágio de sete semanas em Syros, uma ilha da Grécia, entre os meses de junho e agosto.
Especial destaque para o Evento Multiplicador Internacional, a 2 de agosto, com a participação do Diretor Pedagógico da Escola Cidenai, Ricardo Sampaio, da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Ana Maria Ferreira, e dos nossos alunos.
Santo Tirso está na Europa!


MDF

sexta-feira

A minha experiência Erasmus+


Antes de falar da minha experiência, tenho de agradecer à escola por me ter dado esta oportunidade de poder estagiar num país fora do meu, pondo ao meu dispor todas as condições necessárias para ter, para além de um estágio muito organizado, uma viagem em que nada faltou e onde pude fazer viagens que nunca pensei fazer na minha vida, como visitar Veneza, Roma, entre outros locais “menos famosos”, mas de igual encanto.
Foi uma experiência inesquecível que qualquer pessoa devia ter oportunidade de realizar, fiz amizades novas, conheci pessoas de outros países, tive novas experiências, contactei com uma nova cultura, novos estilos de vida, novos locais. Já disse e volto a dizer que foi uma experiência completamente inesquecível.
Quanto à experiência de estágio, apenas tenho a dizer coisas boas. Logo desde o início que fomos bem recebidos, tanto no estágio, bem como nas preparações linguísticas, e qualquer problema que pudéssemos ter era resolvido, de uma forma célere e da melhor maneira possível.
Numa apreciação geral, apenas tenho aspetos positivos a apresentar, tanto da entidade recetora como da escola e, por isso, tenho de agradecer a ambas as entidades e recomendo vivamente a qualquer aluno que esteja com intenções de realizar esta maravilhosa experiência que o faça.

Bruno Queirós (TGPSI1417)

quinta-feira

A MINHA EXPERIÊNCIA ERASMUS+

A minha experiência Erasmus+ foi, sem dúvida, única e uma oportunidade que, de facto, devemos aproveitar.
Não estou arrependido de nada, foram cinquenta dias em que tivemos muita responsabilidade, mas, ao mesmo tempo, liberdade para tomarmos decisões no nosso dia a dia.
Durante este período, aproveitei ao máximo o meu tempo em Itália. É, sem dúvida, um país muito bonito, com muito para visitar. Adorei visitar todas as cidades onde fomos, principalmente Roma e Veneza, duas cidades magníficas, com vários monumentos enormes e bastante interessantes, como o Coliseu e a Praça de São Marcos.
O estágio foi muito interessante, sendo que tive o prazer de estagiar na empresa mais antiga de Itália, com cerca de 150 anos, que se foca na produção de tijolos, e consegui ver como tudo funcionava. Foi algo que nunca tinha visto e tive a honra de trabalhar com pessoas muito simpáticas e disponíveis para ajudar a qualquer momento.
Esta experiência permitiu-me evoluir, tanto a nível pessoal como profissional, durante 50 dias, em que não me arrependo de nada e se tivesse que repetir a experiência, no mesmo país e na mesma cidade, não iria recusar, pois foi algo que ficará marcado para o resto da vida e não irei esquecer, pois foi excecional!



Rui Pereira (TGPSI1417)

sábado

ERASMUS+ - A CIDENAI EM ROVIGO

No âmbito do Programa Erasmus+, financiado pela União Europeia, seis alunos, do 12º ano dos cursos de Comércio e Informática, tiveram a oportunidade de realizarem um estágio de sete semanas em Rovigo, em Itália.
Durante este período, além do estágio que realizaram, puderam visitar Veneza, Pádua, Ferrara e Roma. Momentos que, certamente, não esquecerão, quer a nível pessoal, quer a nível profissional.
Santo Tirso está na Europa!


MDF

domingo

PORTO – HISTÓRIA E ATUALIDADE DO COMÉRCIO E SERVIÇOS

No passado dia 1 de junho, a turma TSECOM1619 visitou o Porto. Esta visita destinou-se a ambos os cursos, Técnico de Comércio e Técnico de Secretariado. O dia começou com a passagem pelo Edifício da Alfândega, onde, depois de algumas notas históricas introdutórias dadas pelo guia, os formandos tiveram a oportunidade de visitar a Biblioteca e algumas das exposições patentes, “Metamorfose de um lugar, museu das alfândegas” e “Porto, uma cidade de comércio”. Além disso, ainda foi possível visitara XI Mostra da Ciência.
O percurso a pé desde a Alfândega até à Rua de Santa Catarina permitiu visitar alguns dos locais emblemáticos da cidade.
No período da tarde, enquanto os formandos de Comércio percorreram as artérias da baixa portuense com o intuito de identificar estabelecimentos comerciais representativos do, designado, comércio tradicional e o modelo de merchandising em uso. Os formandos de Secretariado visitaram as principais áreas da Biblioteca Municipal do Porto onde puderam contactar com o circuito e tratamento documental da instituição bem como conhecer os principais serviços prestados à comunidade.

O regresso a Santo Tirso aconteceu às 17h com um balanço muito positivo, pela atitude e interesse demonstrado pelos formandos durante o dia.

N.A.

sexta-feira

VISITA DE ESTUDO DE FINAL DE ANO

O ano escolar está quase a chegar ao fim! Para celebrar o fim das aulas e proporcionar momentos de convívio e descontração antes do início das FCT, a Cidenai organizou a Visita de Final de Ano a Viana do Castelo, o coração do Minho.
Ao longo de dois dias, os formandos participaram em inúmeras atividades, como uma visita ao Navio Gil Eannes, aos Museus do Traje e de Artes Decorativas e depois da parte cultural veio a parte da autêntica diversão!
A noite começou com a companhia dos Piratas das Caraíbas numa sessão de cinema (com direito a pipocas!) e terminou com longas conversas à varanda até ao nascer do sol. Para carregar baterias, nada como uma sessão de praia, um jogo de futvolley e uma sessão de dança.
Depois do almoço foi hora de rumar à Estação, onde a carruagem privada que nos esperava embalou até casa todos os que ainda resistiam ao sono, ao som dos hits do momento.
Dois dias de amigos, sol, diversão e música que todos vão lembrar para sempre.

Vê tudo no Instragram da Cidenai #vfacidenai

A.G.

quinta-feira

CIDENAI GREEN DAY

No passado dia 31 de maio a Cidenai saiu à rua para celebrar o Green Day, uma atividade inserida nas comemorações da Semana da Energia e do Ambiente da Câmara Municipal de Santo Tirso e o momento perfeito para desanuviar num dos mais recentes espaços verdes da cidade, o Parque do Ribeiro do Matadouro.
Ao longo do dia, os alunos puderam participar em várias atividades e iniciativas. Tudo começou com uma Caça ao QRCode, uma espécie da caça ao tesouro na qual os alunos deviam identificar os locais mais emblemáticos da cidade através de pistas e a partir daqui descobrir o caminho para o tesouro final. A turma TC1518 foi a grande vencedora!
De seguida, após uma Cerimónia do Hastear da Bandeira Verde simbólica, e com a colaboração da Resinorte, entidade parceira, a comunidade escolar participou numa ação sobre compostagem, onde aprendeu o que fazer com os resíduos domésticos para rentabilizar todo o desperdício que produzimos em casa, após as palestras sobre Gestão e Tratamento de Resíduos, que tiveram lugar na escola em janeiro.
Seguiu-se um piquenique com direito a karaoke e a tarde foi passada num Torneio de Futebol Inter-Turmas, onde os formandos puderam mostrar os seus dotes desportivos.
Foi um dia bem passado na companhia do sol e dos amigos. A repetir!
Para veres as fotos desta atividade vai ao Instagram da Cidenai #cidenaigreenday.


A.G.

quarta-feira

FESTA DO DIA DA CIDENAI


No dia 29 de abril, celebrou-se mais um “Dia da Cidenai
A organização deste evento esteve a cargo da formanda Ana Gomes, do 3º ano do Curso Técnico de Comércio, como tema da sua PAP.
A festa teve início pelas 15h00 com a receção dos convidados com um mimo em andas, seguindo-se um momento musical protagonizado pelas formandas Catarina Neto e Sofia Silva.
Ainda durante a festa realizou-se a entrega de Diplomas aos antigos e atuais formandos que realizaram o seu estágio no estrangeiro. Na parte final das cerimónias houve a atuação de um artista com o seu número de fogo.
Além destas atividades, não podia faltar a abertura do bolo comemorativo seguido de um delicioso lanche de confraternização.
Aos professores e colegas envolvidos, gostaria de agradecer a sua ajuda, pois sem eles esta tarefa seria impossível.

Bem hajam!



Ana Gomes – TC1417 

DIA A EUROPA NA CIDENAI

O Dia da Europa, comemorado a 9 de maio e instituído pela União Europeia, assinala o famoso discurso do Sr. Schuman, em 1950, a apelar à união dos países europeus em torno de um objetivo comum. Este esforço, em conjunto com outras personalidades europeias, como por exemplo o Sr. Jean Monet, levou a Europa num caminho da Paz, da Democracia e da Solidariedade entre os povos.
O caminho já é longo! De facto, este ano comemoram-se os 60 anos do Tratado de Roma, responsável por União Económica Europeia e dos 30 anos do Programa Erasmus+, programa europeu dedicado a financiar mobilidade de estudantes no espaço europeu, com o objetivo de melhorar a sua formação.
A Escola Cidenai é uma comunidade orgulhosa do seu trabalho de abertura à Europa. Exemplo disso são as oportunidades que proporciona aos seus alunos, tais como a realização de estágios no estrangeiro, através do Programa Erasmus+ ou, ainda, os diversos intercâmbios com outras escolas do espaço europeu.
Para assinalar este dia, o Clube Europeu inaugurou uma Exposição de telas produzidas pelos seus alunos, as quais tinham como tema base “Os Valores na União Europeia proclamados na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia”.
Outra atividade proporcionada foi a realização do tradicional concurso “O que sabes da Europa?”, sendo as questões, este ano, colocadas através de um Quiz em suporte informático, desenvolvido pelo formando Rui Pereira, da turma TGPSI1417. 



Paulo Sousa
Responsável do Clube Europeu 

segunda-feira

REDE FUTURO – MANUTENÇÃO MONTE PADRÃO

No passado dia 17 de maio, a Escola Cidenai voltou a marcar presença no Monte Padrão para mais uma ação da Rede FUTURO.
Numa tarde solarenga, um grupo de dez alunos dirigiu-se a um dos pontos mais altos do Concelho para fazer a manutenção das árvores plantadas na Ação de Novembro e verificar em primeira mão o efeito benéfico destas ações na floresta portuguesa.

Graças ao trabalho destes formandos, sempre apoiados pela Câmara Municipal e pelos Sapadores Florestais de Santo Tirso, foram plantadas cerca de 70 árvores que terão a oportunidade de crescer e se desenvolver, cobrindo de verde uma área tão querida dos tirsenses.

A.G.







terça-feira

CLUBE EUROPEU ESCOLA CIDENAI

O Clube Europeu da Escola Cidenai levou a cabo mais uma atividade integrada no tema comum lançado pela DGE, “Por uma Europa de Valores”.
Desta feita foi organizada uma palestra, para o dia 5 de maio, nas instalações da “Casa das Associações” da Federação das Associações Juvenis do Distrito do Porto, e que contou com a presença do coordenador do Núcleo do Porto da Amnistia Internacional, Dr. Manuel Cunha, para explorar os temas da Justiça, Liberdades e Democracia. Esta palestra contou com a participação de um grupo de alunos em representação de todas as turmas.
Tratou-se de uma excelente iniciativa de educação para a cidadania onde a participação dos alunos foi bastante elogiada pelo elemento da AI.
A parte final da manhã foi realizada uma mesa redunda, orientado pelo responsável do Clube Europeu, dedicada a explorar as diferentes perspetivas, nos países da UE, sobre temas relativas à pertença à UE e os seus valores, tendo como base os inquéritos realizados e disponíveis no Portal da Opinião Pública, da Fundação Francisco Manuel dos Santos.
Durante a tarde aproveitamos para fazer uma breve visita guiada no Museu da Casa do Infante, antes do nosso regresso a Santo Tirso.
Termino, agradecendo a generosa colaboração do Dr. Manuel Cunha da AI, da FAJDP e da Casa do Infante/Município do Porto.


PS

Responsável do Clube Europeu

segunda-feira

PROJETO “JUSTIÇA PARA TODOS”

A Justiça assume crescente significado na sociedade contemporânea, dada a complexidade dos processos de relacionamento sociais e das alterações de valores, que rapidamente transformam as sociedades, quer seja num plano nacional, quer seja num plano europeu. Não é por acaso que este valor, de qualquer sociedade evoluída, tenha sido consagrado, entre outros, na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia, em 2000, através do Tratado de Nice.
Contudo, é frequente, entre os jovens, o desconhecimento dos seus direitos, como o acesso à Justiça, ou ainda, a conceção de ideias desvirtuadas e desconfiança do sistema judicial.
Atenta a este fenómeno, a Escola Profissional de Serviços de Cidenai candidatou-se ao Projeto “Justiça para Todos”, uma iniciativa do IPAV – Instituto Padre António Vieira – para trabalhar um caso de atropelo às liberdades individuais, com recurso ao sistema judicial.
Para a realização deste projeto, o Clube Europeu contou com a colaboração do Tribunal de Santo Tirso, na pessoa da Sr.ª Juíza, Dr.ª Melo Marques, para presidir a uma simulação de julgamento, no dia 5 de maio, deste caso de atentado à liberdade de culto religioso, e ainda da colaboração da Dr.ª Assunção Festa, Advogada, em matéria de direito processual, nomeadamente na elaboração das peças processuais e preparação do julgamento com um grupo de 10 alunos da nossa escola.
Foi uma excelente oportunidade de aproximar os nossos alunos a esta instituição fundamental num estado de direito democrático, pois no final do julgamento foi satisfatório verificar a quantidade de questões colocadas à Sr.ª Juíza, que, de uma forma muito pedagógica, acedeu responder numa linguagem clara e objetiva.
A todos os que colaboraram neste projeto, o Clube Europeu da Cidenai endereça os parabéns e os sinceros agradecimentos.


Paulo Sousa

Responsável do Clube Europeu   

2ª EDIÇÃO - CIDENAI SOLAR RACE

Na manhã do passado dia 3 de maio teve lugar, na Escola Cidenai, em Santo Tirso, a 2ª Edição da Cidenai Solar Race, evento destinado a todas as escolas do Concelho. O evento, organizado pela Escola Cidenai, consistia na conceção e execução de um carrinho movido a energia solar, privilegiando a utilização de materiais reutilizáveis e recicláveis. Com a participação de várias escolas do concelho, um júri constituído por um representante da Câmara Municipal de Santo Tirso e da Direção da Escola Cidenai teve a difícil missão de avaliar os carrinhos presentes, em parâmetros que englobavam a qualidade técnica, criatividade e inovação, empreendedorismo, enquadramento curricular e desempenho, entre outros.

Com o objetivo de alertar para a necessidade de utilização de energias renováveis, promover boas práticas no campo do consumo e eficiência energética e promover o convívio entre as diferentes escolas, a Cidenai Solar Race viu o pódio completo com o carrinho Rapótaxo GT35, desenvolvido por formandos da Cidenai, seguido de perto pelo T1 e T3, segundo e terceiro classificados, respetivamente, ambos desenvolvidos por alunos da Oficina, que puseram em prática todos os conhecimentos adquiridos durante o curso. Foi uma manhã de sol, fair-play e boa disposição, onde se lançaram as bases da 3ª Edição, a ter lugar em 2018. Parabéns a todos os participantes e até para o ano!





A.G.

domingo

CIDENAI LAN PARTY.

No passado mês de abril, realizou-se a 1ª Edição da Cidenai Lan Party, na Escola Cidenai. Neste evento, que teve início a 7 de abril, jogadores de várias escolas puderam mostrar a sua perícia em jogos como Counter Strike, League of Legends e Fifa durante as 36 horas de duração da Lan Party.
Ao contrário do que se verificou no passado com a Cidenai Netweek, a Lan Party consistiu apenas num encontro de jovens jogadores online para entretenimento e diversão, e não de uma competição.
Na Lan Party participaram cerca de 50 jovens do concelho e de concelhos limítrofes, provando a grande abrangência da temática e da atividade. Foram 36 horas de diversão, fairplay e convívio.

Contamos convosco para a próxima edição da Cidenai Lan Party.

Hugo Teixeira, Nº6, TGPSI1417

VISITA DE ESTUDO AO BANCO SANTANDER TOTTA, SA

No dia 30 de abril de 2017, a turma do 2.º ano do curso Técnico de Comércio, no âmbito da disciplina de Economia, realizou uma visita de estudo ao Banco Santander Totta, SA. Uma visita desta importância dá ao formando uma visão global da banca.
O Banco Santander, o maior banco da Península Ibérica e o décimo maior do mundo, há muito que está implantado no mercado nacional.
A receção aos formandos, feita pelo Diretor de Balcão, Dr. Jorge Costa, cumpriu os formalismos adequados a uma visita deste nível.
A visita guiada teve como primeiro ponto a função do caixa. Explicou os trâmites do dinheiro depositado pelos clientes, a triagem na máquina para detetar as notas falsas e o seu destino. Informou os alunos como devem proceder, caso tenham em seu poder uma nota falsa.
De seguida, encaminhou-os para a sala de reuniões, onde o Dr. Jorge Costa fez uma abordagem ao historial do banco. Deu a conhecer os seus produtos, nomeadamente Cartão de Crédito e Débito; Poupança Reforma, Poupança-habitação, Conta Ordenado, Depósitos a Prazo, Aquisição de Ações. Explicou o tipo de Cheques e respetiva responsabilidade, Livranças, Desconto de Letras; Abertura de Conta, Custos de manutenção, Descoberto Bancário, Taxas Ativas e Passivas, Euribor e SPREAD.
Destacou a criação de moeda, a sua evolução e a importância que tem para a economia.
Com esta visita os alunos puderam associar as aulas teóricas e prática simulada com a realidade.
No final os alunos puseram as suas dúvidas, as quais foram esclarecidas.
Os alunos consideraram a visita muito produtiva, ao verificarem que os temas que são lecionados em aulas teóricas e prática simulada, estão de acordo com a atividade de uma instituição financeira.


A Escola Profissional de Serviços Cidenai agradece à instituição esta oportunidade que deu aos seus alunos para puderam observar o funcionamento de um banco, e aprofundarem os conhecimentos adquiridos em sala de aula.

J.S.