quarta-feira

PALESTRA DA PSP

Os acidentes de viação são um flagelo para os jovens, provocando-lhes a morte ou incapacidade permanentes.
Uma das causas é o consumo de drogas e de álcool, que, consumidas em excesso, reduzem a concentração e os reflexos na condução.
A formanda Andreia Nogueira, da turma do Curso Técnico de Secretariado, achou por bem tratar este tema na sua Prova de Aptidão Profissional.
Para enriquecer mais a formação e informação convidou o responsável da Escola Segura, agente Ricardo, para dar uma formação. Esta formação decorreu no dia 3 de fevereiro de 2015 nas instalações da Escola Profissional Cidenai, sala B2, e destinou-se aos formandos do 1º ano dos Cursos Técnicos de Comércio e de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos. Para os restantes não foi necessário, porque já tinham frequentado uma ação no ano transato.
O formador, através de apresentação de dados estatísticos e vídeos de casos reais, complementados com a legislação em vigor, durante 90 minutos para cada turma, transmitiu aos formandos o que de perigoso é consumir álcool e drogas para a condução.
Os formandos interagiram com perguntas pertinentes, obtiveram respostas claras e pormenorizadas, pelo formador.
Por fim, a formanda, em nome da escola, agradeceu ao formador a sua disponibilidade em ter vindo à escola elucidar os jovens para temáticas tão sérias para a sua vida.

AN (turma TSEC1215)
 
 

Visita de estudo para Informáticos


No dia 4 de Fevereiro de 2015, as turmas do 1º de Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos e  do 3º ano de Técnico de Informática de Gestão, da Escola Profissional Serviços Cidenai, tiveram a oportunidade de visitar as empresas CRITICAL MANUFACTURING – Maia e CPCDI – Guifões, no âmbito das suas disciplinas de Componente Técnica. 
Durante a manhã, os formandos assistiram a uma apresentação sobre a história e funcionamento da empresa de software CRITICAL MANUFACTURING, seguida de uma visita guiada pelas  instalações. 
Após a pausa para almoço no MarShopping, os formandos rumaram a empresa CPCDI, onde puderam contactar com a realidade da grande distribuição de produtos informáticos. 
Um dia de contacto com a realidade empresarial e de muita aprendizagem.
SN (turma TSEC1215)
                                                                                                                                                            
                                                                                                                               

sexta-feira

Sabes o que é a « CHANDELEUR»?




Dia 2 de Fevereiro de 2015    

Em França, no dia 2 de Fevereiro, celebra-se “La Chandeleur”, a Candelária, o Dia da Luz, 40 dias depois do Natal. O nome tem origem na palavra « candeia ».
A tradição nasceu na época dos romanos. Era uma festa celebrada em honra do deus Pan. Durante toda a noite, os fiéis andavam nas ruas de Roma a acender tochas.
Hoje, "la Chandeleur" é o dia dos crepes e constitui um momento mágico no seio das famílias francesas. Até há quem diga que, se se fizerem os crepes saltar com a mão direita, tendo uma moeda na mão esquerda, e se o crepe cair na frigideira direito, isso irá garantir prosperidade para toda a família ao longo do ano.
Como já é tradição na Cidenai, os formandos do 12ºano de Secretariado celebraram este dia com a venda de crepes durante os intervalos. Todos se deliciaram com os crepes de chocolate, açúcar/canela, doce de ovos e doce de morango! Prepararam cartazes e folhetos, em língua francesa, para explicar esta festividade típica de França. Foi um sucesso! 

S.C.


terça-feira

Corta-Mato

Decorreu no passado dia 21 de janeiro de 2015, no Parque Urbano da Rabada, o corta-mato concelhio inter-escolas, organizado pela Câmara Municipal de Santo Tirso. 
Nesta prova participaram os alunos selecionados, através de provas internas, por cada uma das escolas do concelho.
A nossa escola, muito apoiada pela turma de Secretariado 12-15, que, depois de uma caminhada, assistiu ao evento, foi muito bem representada pelos alunos:



- Eduardo Coelho (TSEC13-16)
- Ana Rita Azevedo (TSEC13-16)
- Ana Carina Areal (TSEC12-15)
Flor Barros (TSEC12-15)
- Cátia Alves (TSEC12-15)
- Diana Fraga (TSEC12-15)
- Eliana Matos (TSEC12-15)
- Julieta Silveira (TSEC12-15)
- Rosa Teixeira (TSEC12-15)
- Sara Ribeiro (TSEC12-15)
- Vera Gonçalves (TSEC12-15)
- Pedro Azevedo (TSEC12-15)

Apesar de todos se terem esforçado e de terem feito uma boa prova, o grande destaque individual vai para Julieta Silveira que consegui um brilhante 3º lugar na categoria de Juniores Femininos.


Foi uma manhã diferente, onde reinou a boa disposição e o espírito desportivo.


Parabéns a todos.
C.C.

segunda-feira

Estudo sobre o impacto visual das montras



No passado mês de dezembro, os formandos da turma do 2.º ano do curso Técnico de Comércio da Escola Profissional de Serviços de Cidenai, no âmbito da disciplina de Comunicar no Ponto de Venda realizaram um estudo sobre o impacto visual das montras. Sendo a montra uma dos componentes, mais importante de um estabelecimento comercial, ela desempenha um importantíssimo papel ao exibir os artigos, ao transmitir informações sobre os mesmos, ao sugerir possibilidades de uso, particularmente, numa época em que abundam os centros comerciais, a montra, que também neles faz a diferença, é uma ótima ferramenta de que o comércio tradicional dispõe para chamar a atenção do público que por ele passa. Foi precisamente, o objetivo desta atividade: incutir nos formandos a importância desta valiosa ferramenta de vendas, que é a montra.
Para a levar adiante este estudo, os formandos da Escola Profissional Cidenai saíram à rua e in-loco visitaram estabelecimentos comerciais e interrogaram “potenciais clientes”. Baseados numa metodologia quantitativa, os formandos aplicaram dois inquéritos distintos para recolha de informação. O primeiro foi aplicado a 74 lojistas da cidade de Santo Tirso, no dia 3 de dezembro e no segundo foram inquiridos 80 transeuntes na manhã do dia 18. Foi tido em consideração aspetos como: periodicidade da vitrina, critérios mais importantes para a sua elaboração, impacto nas vendas, a sua influência na compra de produtos, entre outros. Foi uma atividade enriquecedora para os nossos formandos, pelo que, deixamos os nossos agradecimentos a todos aqueles que colaboraram respondendo aos respetivos questionários. Para mais informações, podem consultar o tratamento estatístico dos dados em www.cidenai.edu.pt.

                                                                                                                                                               AS

quinta-feira

Dia Mundial do Voluntariado na Escola Profissional Cidenai

Ser voluntário é entregar o que de melhor temos, sem esperar nada em troca!”,começou por afirmar a jovem voluntária enfermeira Mafalda Festa, no seu testemunho ao grupo de Voluntariado da Escola Profissional Cidenai.
O Dia Mundial do Voluntariado, 5 de dezembro, foi celebrado na Escola Cidenai, com uma Palestra sobre o tema ” Ser Voluntário”. Mafalda Festa quis dar o seu testemunho como voluntária de uma missão da APARF, em Moçambique junto da comunidade de Metoro (Pemba), onde trabalha no combate ao estigma da lepra, como uma doença do mal e incurável. Ainda falou da ajuda que dá a todas as crianças que, desde muito cedo, 2 anos de idade, são deixados por sua própria conta e risco e que, muitas vezes, são encontrados deitados no tórrido sol daquela terra, sem força para andar, porque a fome e a doença é tanta que nem lhes permite procurar uma sombra. Mostrou também que, apesar da sua formação na área da saúde, como voluntária faz tudo quanto seja útil naquela comunidade, é agricultora, professora, pintora, conselheira. Falou do seu dia-a-dia, da falta de água, da sua parca alimentação, das poucas horas de sono; mas de um coração cheio de felicidade nos “abraços quentes” que recebe e que a faz esquecer que do lado de cá se tem tanto e, por vezes, não se dá nada.
Lembrou ainda a importância de estarmos atentos aos outros que muitas vezes estão tão próximo e nem nos apercebemos que precisam de nós.
Foi com muita seriedade e responsabilidade que o Grupo de Voluntariado da Cidenai recebeu esta formação, dando assim início à Semana da Solidariedade na escola, com a recolha de bens alimentares para famílias que lhe são próximas.
AF